05-09/JUN 2024
Complexo do Pacaembu, São Paulo - SP

Sobre a 2ª edição

A segunda edição da ArPa reuniu 54 galerias do Brasil e de países como Argentina, Estados Unidos, França, Peru, Portugal e Uruguai, com projetos inéditos concebidos para o evento. Para aprofundar a experiência dos visitantes, a ArPa foi organizada em quatro setores – um principal e três curados por renomados profissionais da área. Em 2023, os setores UNI, Sala MOS e Satélite foram assinados, respectivamente, por José Esparza Chong Cuy, Carla Zaccagnini e Diego Matos.

GALERIAS PARTICIPANTES

Almeida & Dale Galeria de Arte
Andrea Rehder Arte Contemporânea
Campeche
Casa Triângulo
Casanova Arte
Cassia Bomeny Galeria
Central Galeria
Dan Galeria
Fólio
Fortes D’Aloia & Gabriel
Galeria Cavalo
Galeria Estação
Galatea
Galleria Continua
GDA
Galeria Inox
Galeria Karla Osorio
Galeria Leme
Galeria Luisa Strina
Galeria Lume
Galeria MaPa
Galeria Marília Razuk
Galeria Miguel Nabinho
Gomide&Co
Gustavo Rebello Arte
HOA Galeria
Isla Flotante
Kubik Gallery
Lima Galeria
Luciana Brito Galeria
Marli Matsumoto Arte Contemporânea
Mendes Wood DM
Mercedes Viegas Arte Contemporânea
Michel Rein
Millan
Mitre Galeria
Mor Charpentier
Galeria Murilo Castro
N.A.S.A.L.
OÁ Galeria
OMA Galeria
Petzel Gallery
Piero Atchugarry Gallery
Pinakotheke
Proyectos Ultravioleta
Quadra
Galeria Raquel Arnaud
Ricardo Von Brusky
Rodrigo Ratton Galeria

Galería Sendros
Simões de Assis
Tegenboschvanvreden
Ybakatu
Zipper Galeria

EQUIPE 2023

Direção Geral
Camilla Barella

Direção Adjunta
Eduardo Barella
Rafael Carvalho

Direção de Relacionamento
Cristina Candeloro

Assistente de direção
Júlia Diniz

Curadoria
José Esparza Chong Cuy (UNI)
Carla Zaccagnini (Sala MOS)
Diego Matos (Satélite)

Produção Executiva
Gabriel Curti
Julia Brandão
(Ayo Cultural)

Arquitetura
Fernanda Pitombo

Identidade Visual
Alexandre Utchitel
João Pedro Nogueira
(Estúdio Margem)

Comunicação Visual
Sol Camacho
Flora Milanez
(RADDAR)

Projeto de Iluminação
André Boll

Marketing
Chris Rüegg

Comunicação
Chloé Catalano
Guilherme Werneck
André Vilhora
Rafael Barros

Planejamento Estratégico de Comunicação
CDN Comunicação

Coordenação de Operações
Victor Borges

Assessoria Jurídica
Tarcila Maria Bello Toledo

Gestão Financeira
Felipe Vicentini

Setor Principal

Na segunda edição da ArPa, o Setor Principal reuniu galerias de renome do mercado de arte contemporânea nacional e internacional. Expandido em relação à edição anterior, o setor convidou as galerias participantes a apresentar projetos exclusivos para a feira, visando um ambiente não-hierárquico e propício ao intercâmbio comercial e criativo.

Galerias participantes

Almeida & Dale Galeria de Arte (São Paulo – SP)

Andrea Rehder Arte Contemporânea
(São Paulo – SP)

Casa Triângulo
(São Paulo – SP)

Casanova Arte
(São Paulo – SP)

Cassia Bomeny Galeria
(Rio de Janeiro – RJ)

Dan Galeria
(São Paulo – SP)

Fólio
(São Paulo – SP)

Galeria Cavalo
(Rio de 
Janeiro – RJ)

Galeria Estação
(São Paulo – SP)

Galeria Inox
(Rio de Janeiro – RJ)

Galeria Karla Osorio
(Brasília – DF)

Galeria Leme
(São Paulo – SP)

Galeria Lume
(São Paulo – SP)

Galeria MaPa
(São Paulo – SP)

Galeria Marília Razuk
(São Paulo – SP)

Galeria Murilo Castro
(Belo Horizonte – MG)

Galeria Raquel Arnaud
(São Paulo – SP)

Galleria Continua
(San
Gimignano e Roma, Itália; Beijing, China; Paris e Les Moulins, França; Habana, Cuba; São Paulo, Brasil)

Gomide & Co
(São Paulo – SP)

Gustavo Rebello Arte
(Rio de Janeiro – RJ)

Isla Flotante
(Buenos Aires, Argentina; São Paulo – SP)

Kubikgallery
(Porto, Portugal)

Lima Galeria
(São Luís – MA)

Luciana Brito Galeria
(São Paulo – SP)

Mendes Wood DM
(São Paulo, Brasil; Bruxelas, Bélgica;  Nova York, EUA)

Mercedes Viegas Arte Contemporânea
(Rio de Janeiro – RJ)

Millan
(São Paulo – SP)

Mitre Galeria
(Bel
o Horizonte – BH)

OÁ Galeria
(Vitória – ES)

OMA Galeria
(São Paulo e São Bernardo do Campo – SP)

Piero Atchugarry Gallery
(Garzón, Uruguai; Miami, EUA)

Pinakotheke
(São Paulo – SP)

Quadra
(Rio de Janeiro – RJ)

Ricardo Von Brusky
(São Paulo – SP)

Rodrigo Ratton Galeria
(Belo Horizonte – MG)

Simões de Assis
(São Paulo – SP; Curitiba – PR)

Ybakatu
(Curitiba – PR)

Zipper Galeria
(São Paulo – SP)

Setor Satélite

O Setor Satélite, dedicado à exibição de obras audiovisuais contemporâneas, proporcionou ao público da 2ª edição da ArPa uma imersão artística desde a chegada à Feira, através de um telão de grandes dimensões localizado sobre a entrada do Pavilhão Pacaembu. Sob o título Pontos de luz, em referência à canção homônima imortalizada por Gal Costa, o programa curatorial assinado pelo pesquisador Diego Matos reuniu 10 galerias nacionais e internacionais, apresentando obras de artistas do Brasil, Guatemala, México, Peru e Portugal. A seleção buscou refletir o fator humano como inerente à sobrevivência estética e política da arte.

Vídeos de

Ana Vaz (Brasília, 1986)

Anna Bella Geiger (Rio de Janeiro, 1933) – Galeria Murilo Castro (Belo Horizonte)

Carlos Nader (São Paulo, 1964) – Galeria Lume (São Paulo)

Frederico Morais (Belo Horizonte, 1936)

Janaína Wagner (São Paulo, 1989)

Mario García Torres (Monclova, México , 1975) – Galeria Luisa Strina (São Paulo)

Maya Watanabe (Lima, Peru, 1983)-Tegenboschvanvreden (Amsterdã)

Ros4 Luz (Gama, Distrito Federal, 1995) – Central Galeria (São Paulo)

Salomé Lamas (Lisboa, Portugal, 1987) – Miguel Nabinho, (Lisboa) / Kubikgallery (Porto)

Teresa Margolles (Cualicán, México, 1963) – Mor Charpentier (Paris)

Curadoria

Com mais de 15 anos de experiência em pesquisa e curadoria de arte, Diego Matos é doutor pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2014). Foi curador-chefe do Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE) em 2022-23. Em sua gestão, realizou a antologia Liuba – Corpo Indomável, premiada como melhor exposição nacional pela APCA (2023). Entre seus trabalhos mais recentes estão a concepção, em 2021, da exposição permanente do Centro Universitário Maria Antonia – USP, MemoriAntonia: por uma memória ativa dos direitos humanos e a exposição Entrevendo: uma mostra histórica e antológica de Cildo Meireles (Sesc Pompeia, 2019-20), artista sobre o qual organizou o livro Cildo: estudos, espaços, tempo (Ubu Editora, 2017), finalista do prêmio Jabuti em 2018. Foi também curador do 20° festival SESC videobrasil (2017-18).

Setor UNI

O Setor UNI, dedicado a estandes individuais de alguns dos artistas mais promissores da cena contemporânea, apresentou em 2023 um aumento de 50% em sua área expositiva em relação à primeira edição da ArPa. O setor reuniu uma cuidadosa seleção de galerias inovadoras, sob o programa curatorial intitulado “Mensagens”, assinado por José Esparza Chong Cuy, Diretor Executivo e Curador Chefe do Storefront for Art and Architecture, em Nova Iorque.

Galerias Participantes

Campeche
(Cidade do México, México)

Fortes D’Aloia & Gabriel
(São Paulo – SP; Rio de Janeiro – RJ)

Galatea
(São Paulo – SP)

Galería Sendros
(Buenos Aires, Argentina)

GDA
(São Paulo – SP)

HOA
(São Paulo – SP)

Marli Matsumoto Arte Contemporânea
(São Paulo – SP)


(São Paulo – SP)

Curadoria

José Esparza Chong Cuy é curador, escritor e arquiteto do México. Atualmente é diretor executivo e curador-chefe do Storefront for Art and Architecture, em Nova York. Previamente à Storefront, ele trabalhou como Curador Associado no Museu de Arte Contemporânea de Chicago e no Museu Jumex, na Cidade do México.