01 a 05 de Junho de 2022
Complexo do Pacaembu, São Paulo - SP

Vermelho

A Vermelho tem como norte incentivar novas ideias e discursos sempre com foco no experimentalismo de artistas emergentes e já estabelecidos. 

Em 2022, a Vermelho completa 20 anos de atuação.

Concebida por Eliana Finkelstein e Eduardo Brandão, a Vermelho foi inaugurada em 2002, em uma vila projetada por Paulo Mendes da Rocha e José Armênio de Brito Cruz. O programa dos edifícios da Vermelho se organiza ao redor de uma grande praça aberta sobre o fundo de 120m2 da fachada do prédio principal. Nessa grande parede, já foram apresentados cerca de 100 projetos que incluem pinturas, colagens e instalações. 

Em 2007, foi criado o Tijuana, editora e espaço expositivo voltado às artes gráficas, em especial aos livros de artista. Desde 2009 a Feira Tijuana de Arte Impressa acontece em São Paulo e em cidades como Buenos Aires, Barcelona e Paris. 

Outro pilar da Vermelho é a Mostra Verbo de Performance Arte, criada em 2005. Após 15 edições, a Verbo consolidou-se como um evento anual no calendário cultural de São Paulo. Sem fins lucrativos, a Verbo tem como objetivo promover discussões e apontar para questões atuais que expandam o campo da performance, incluindo criadores dos campos da dança, do teatro, da literatura e da poesia.

Setor Principal

São Paulo – SP